Um suspeito de praticar vários estupros foi preso em flagrante em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, de uma maneira pouco comum. Uma pessoa que passava pela rua notou os gritos de uma mulher por socorro e investiu contra o suspeito, o rendeu e chamou a polícia.

A prisão de Wiklafes Marcelo Vieira de Lima, 21 anos, ocorreu na segunda-feira (21) e ele foi apresentado na Delegacia da Mulher e Adolescente de São José dos Pinhais na tarde desta quinta-feira (24). Wiklafes estaria atacando mulheres em plena rua, em diferentes bairros da cidade, entre eles Jardim Ipê e Cidade Jardim. Há suspeita de que ele também agisse no Uberaba, em Curitiba.

Leia também: Audiência do caso Daniel tem a data antecipada. Veja por quê

Segundo a delegada Tathiana Laiz Guzella, após a prisão de Wiklafes, duas outras vítimas já procuraram a polícia e o reconheceram como autor dos estupros. Com a divulgação do rosto do suspeito, a Polícia Civil acredita que outras vítimas possam vir a fazer o mesmo. “Também estamos investigando a denúncia de uma quarta vítima, que teria tido a casa invadida pelo suspeito”, disse.

As investigações apontam que o suspeito agia de forma premeditada, estudando as vítimas, que eram atacadas em via pública sempre entre 6h e 7h, quando as mulheres estavam indo trabalhar. “Ele passava alguns dias observando a rotina da vítima, depois a atacava e a arrastava para o mato. Ele não usava arma, mas a força das mãos, prendendo a mulher pela boca”, revelou a delegada.

Tathiana Guzella acredita que, após a prisão e identificação de Wiklafes, mais vítimas vão aparecer. “Quanto mais divulgarmos a identidade dele, melhor”, finalizou.

O suspeito segue detido na Delegacia da Mulher e Adolescente de São José dos Pinhais.

Vizinhos são condenados por assassinar mulher que se negou a orgia com eles