Terminou de um jeito trágico a busca pelo corretor de imóveis Antônio Aniceto da Silva, de 50 anos, que estava desaparecido desde a tarde de ontem (27). Seu corpo foi encontrado na manhã deste sábado (28), na Travessa José Lemos, no bairro Thomaz Coelho, em Araucária.

A vítima foi achada por volta das 7h, com um tiro na cabeça, dentro de seu próprio carro, que estava abandonado, colidido contra um poste, com o freio de mão puxado e com os vidros fechados.

Segundo informações da Polícia Militar, inicialmente imaginava-se que o caso se tratava de um acidente de trânsito, mas ao chegar ao local, os policiais constataram que a vítima tinha sido baleada, morta por um tiro. A polícia trabalha com a hipótese de que o disparo tenha sido dado por alguém que estava dentro do carro, junto com o corretor.

Ainda de acordo com a PM, familiares informaram que Silva teria saído para trabalhar, para negociar um imóvel em Fazenda Rio Grande, sem retornar para casa. O último contato do corretor com seus parentes teria sido por volta das 20h de sexta-feira (27), quando ele visualizou pela última vez as mensagens em seu WhatsApp.

Não há informações sobre a autoria ou sobre o que teria motivado o crime. A Delegacia de Araucária é a responsável pela investigação. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba.