Wellington José José da Silva Oliveira, vulgo “Polaquinho”, de 19 anos, foi preso no fim de semana pela Polícia Civil do Paraná. Suspeito de ser o autor da morte de Alex Rodrigo Olimpio dos Santos, assassinado na noite do último 22 de março, no Largo da Ordem, em Curitiba.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

De acordo com investigações, o suspeito é um conhecido traficante de drogas na região central. “Temos várias imagens que mostram ele na chegada, no momento do ato e saindo do local. Após o crime, o possível autor ficou sabendo da estratégia da Polícia e chegou a ameaçar algumas pessoas, disse a Delegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa ( DHPP) Tathiana Guzella. A prisão contou com o auxílio do setor de inteligência da Guarda Municipal para identificar, localizar e prender o suspeito.

 

O homem segue em custódia e será ouvido ainda nesta segunda-feira (13). Ele será indiciado por homicídio qualificado por impossibilidade de defesa da vítima e, se condenado, pode pegar de 12 a 30 anos de prisão.

+Leia também: Com sinais de estupro, corpo de mulher é encontrado por ciclista na beira da rodovia

Motivação do crime

A disputa pelo tráfico na região teria sido a principal motivação para o crime. Vale ressaltar que a mulher de Alex Rodrigo Olimpio dos Santos estava presente no local e, quando foi até delegacia para os procedimentos cabíveis, acabou sendo presa por ter um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Morte de rapaz em confronto com a PM está cercada de mistério