“Eles o assaltaram duas outras vezes, mas dessa vez vieram e devastaram nossa família”, assim desabafou o pai do dono de uma panificadora que foi morto na manhã desta terça-feira (5), em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O crime aconteceu durante o que seria o terceiro assalto que o homem, de 47 anos de idade, sofreria no estabelecimento, que fica na Avenida Professor Alberto Piekars, no bairro Cachoeira. Veja imagens das câmeras de segurança, que registraram o momento da ação:

+Leia mais! Policial militar leva facada no rosto ao tentar evitar suicídio; imagem é forte!

Segundo a Polícia Militar (PM), era por volta de 11h quando três bandidos chegaram e deram voz de assalto. “O dono da panificadora não viu que o local estava sendo assaltado, ele estava nos fundos e saiu de onde estava. No que os bandidos o viram, atiraram”, contou o soldado Romualdo, do 22º Batalhão. Este único disparo foi fatal e matou o homem na hora, antes mesmo da chegada do socorro.

Em choque, o pai do dono da panificadora desabafou que o filho já não sabia o que fazer por conta dos assaltos. “Ele já estava desacorçoado, sempre chegavam e levavam o pouco que tínhamos. Mas dessa vez, destruíram nossa vida. Não precisavam ter feito isso”, lamentou o idoso.

+Caçadores! Famílias encontram na solidariedade de estranho a chance de salvar vidas!

Fuga e prisão

Depois do disparo, o trio fugiu num Palio vermelho, em direção ao bairro Grazieli, em Almirante Tamandaré. Eles levaram uma pequena quantia em dinheiro, menos de R$ 50, que tinha no caixa da panificadora. Toda a ação foi registrada por câmeras de segurança, o que facilitou e muito no trabalho das equipes da PM.

No encalço pelos três assaltantes, numa resposta muito rápida da Polícia Militar, um dos policiais reconheceu um dos rapazes. “Ele já tinha sido abordado várias vezes por outros delitos na região. Os policiais foram até o endereço dele e o encontraram junto com o outro suspeito do crime. Também encaminhamos outros dois, que estavam junto no momento da abordagem, para averiguação”, detalhou o capitão Victor.

Dois dos suspeitos foram detidos logo após a ação. Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná
Dois dos suspeitos foram detidos logo após a ação. Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

 

Adolescente atirou!

O rapaz que atirou no dono da panificadora tem 16 anos e estava com a arma usada no crime. Ele, inclusive, trocou de roupa para tentar confundir os policiais, mas não se deu conta de que toda a ação foi filmada. Além do adolescente, outro rapaz, que estava junto, também foi detido. O terceiro envolvido não foi encontrado.

Aos policiais, o adolescente não negou o disparo, mas tentou se explicar. “Ele disse que entrou na panificadora com a arma engatilhada e que atirou ‘sem querer’. Mas de qualquer forma assumiu o risco e vai responder pelo que ele fez”, considerou o capitão. O carro usado pelo trio também foi encontrado e levado à Delegacia de Almirante Tamandaré, que fica responsável por finalizar o trabalho policial.

Arma utilizada no crime também foi apreendida. Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná
Arma utilizada no crime também foi apreendida. Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Com risco de desabar, Serra do Rio do Rastro é totalmente interditada