O secretário de Estado da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, concedeu na tarde desta segunda-feira (11), a pedido do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e do Movimento dos Sem-Terra (MST), mais uma semana de prazo para que se encontre uma solução definitiva para o impasse em torno da Fazenda Baronesa dos Candiais 2, em Luiziana, na região Centro-Oeste do Paraná. A propriedade foi invadida em 28 de abril passado por cerca de 240 famílias do Movimento dos Sem-Terra (MST).

?Temos uma ordem judicial de reintegração de posse desta área para cumprir, mas vamos buscar uma solução pacífica e definitiva para a questão?, considerou o secretário. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)