O Colégio Estadual Pillar Maturana – o segundo maior do Paraná – fica pronto até o final deste ano. As obras do colégio no Bairro Alto, em Curitiba, foram vistoriadas nesta terça-feira (11) pelo governador Roberto Requião, e estão em fase de acabamento. O Colégio terá 6.915 metros quadrados para abrigar 2.100 alunos e está situado numa das regiões que mais crescem na capital.

A diretora-presidente do Instituto de Desenvolvimento Educacional do Paraná (Fundepar), Sandra Turra, disse que o novo colégio só será menor que o Colégio Estadual do Paraná. ?O Colégio Pillar Maturana, além de ser o segundo maior é também o mais moderno?, afirmou. ?É um colégio modelo? destacou Sandra Turra, depois de elogiar o ginásio de esportes e as atuais lousas brancas, que substituem os antigos quadros-negros.

Estrutura

O novo colégio tem 20 salas de aulas comuns, três específicas, duas especiais e mais três para orientação. Tem também mais 12 banheiros, ambiente administrativo, laboratório de informática e ciências, duas quadras poliesportiva, anfiteatro para 260 pessoas e outras dependências. O colégio conta ainda com bicicletário, reservatório elevado, rampa de acessibilidade e dois elevadores. No total, são 62 ambientes. O valor investido foi de R$ 2,789 milhões.

A Secretaria da Educação, por meio da Fundepar, já investiu mais de R$ 240 milhões em obras desde 2003. Os recursos foram utilizados para a construção de 73 escolas e também em ampliações, reparos e melhorias necessárias para elevar a qualidade das escolas públicas do Paraná. Outros R$167 milhões foram investidos em mobiliário, merenda e fundo rotativo, gerando um total de R$ 407 milhões até os dias de hoje. No total foram construídas 1.316 novas salas de aula.