A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) divulgou nesta quinta-feira (21) novo boletim parcial que mostrou que 34% dos vôos apresentavam atrasos de mais de uma hora até às 10h30. De 649 pousos e decolagens programados no País, 223 foram afetados por atrasos e 36 foram cancelados.

O aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, lidera a lista com 32 atrasos, seguido por Congonhas, com 23 atrasos. A situação também é crítica nos aeroportos de Brasília e de Salvador, que tinham 17 atrasos cada um, e no Rio de Janeiro, onde o aeroporto do Galeão tinha 15 atrasos. Já o aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, tinha 14 atrasos e 4 vôos cancelados na manhã de hoje.

Segundo as informações da Anac, os atrasos verificados hoje são decorrência dos problemas apresentados ontem no setor, por conta das chuvas na região Sudeste. "Outros problemas que colaboraram com os atrasos ocorreram com a TAM Linhas Aéreas, onde seis aeronaves não puderam voar devido a manutenção não programada. A queda do provedor da TAM no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, também atrasou os vôos da companhia aérea", explicou a agência.