Cerca de R$ 110 mil do Fundo para Infância e Adolescência (FIA) foram liberados pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social, para o município de Castro.

Os recursos são destinados para a construção de uma Fazenda-Escola, moderno sistema de profissionalização de adolescentes em conflito com a lei. ?A Fazenda-Escola possibilitará aos menores buscar uma referência de vida, aprender a respeitar o pai e a mãe e saber identificar os seus limites?, destaca o secretário padre Roque Zimermann, que assinou o convênio com o prefeito de Castro, Moacyr Fadel.

A Fazenda-Escola é um projeto de liberdade assistida da Prefeitura de Castro, com apoio do Governo do Paraná, que irá receber os adolescentes indicados pelo Ministério Público. Eles passarão por uma avaliação e orientação durante seis meses, quando se decidirá a suspensão ou prorrogação do prazo da medida sócio-educativa.

Com capacidade para 50 adolescentes, a Fazenda exercerá as atividades de horticultura, fruticultura, desenvolvimento do gado leiteiro e de pequeno porte. Ainda, em parceria com o Núcleo Regional de Educação, os adolescentes irão retomar os estudos, através de ensino supletivo. ?A idéia é tirar das ruas e garantir a ocupação adequada de adolescentes que cometeram atos infracionais?, conta padre Roque.

Para a secretária municipal de Planejamento de Castro, Renata Macedo de Paula, o projeto vai proporcionar um contato maior com os menores infratores, permitindo o acesso à educação e profissionalização. ?Acredito que através de um contato direto é possível mostrar a estes adolescentes um outro projeto de vida a ser seguido?, afirma.

Segundo informou o coordenador-regional da Secretaria, João Barbiero, a construção é um compromisso assumido pelo governador Roberto Requião e do secretário padre Roque Zimermann. ?Com a concretização deste importante projeto os problemas com adolescentes infratores em Castro serão reduzidos?.

Localização

O projeto foi apresentado pelo prefeito de Castro, Moacyr Fadel, ao Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, de onde foram liberados os recursos para a obra. O local para a construção da Fazenda-Escola fica ao lado do Educandário Manoel Ribas, no bairro Jardim Arapongas sentido a Castrolanda.

Segundo informações prestadas pela Secretaria de Planejamento de Castro, a contrapartida do município no projeto é de R$ 61 mil e já está sendo preparado o processo licitatório para o início das obras. A primeira parcela dos recursos provenientes do Fundo para Infância e Adolescência (FIA), no valor de R$ 49 mil, está prevista para ser repassada no início da próxima semana.