A dois dias da assembléia geral dos professores das escolas estaduais, marcada para este sábado em Curitiba, a Secretaria da Educação e a direção da APP-Sindicato ainda não conseguiram fechar uma proposta de consenso para o plano de carreira, cargos e salários.

A Comissão de Educação da Assembléia Legislativa convocou para sexta-feira, dia 5, às 11 horas, uma nova reunião para discutir o plano de carreira, cargos e salários dos professores da rede pública estadual e também a demissão dos professores que mantinham contrato pelo regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

A reunião será realizada no plenarinho da Assembléia Legislativa. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)