O secretário do Planejamento e Coordenação Geral, Reinhold Stephanes, liberou R$ 41,734 milhões para a Secretaria de Estado da Saúde. Entre as finalidades dos recursos, destacam-se o repasse de recursos para hospitais e consórcios, a execução do programa Saúde da Família e a reforma do Hospital São Sebastião, na Lapa.

A meta ainda é promover a manutenção do Hospital do Trabalhador, em Curitiba; adquirir equipamentos e realizar obras no Hospital Anísio Figueiredo, em Londrina; e comprar equipamentos para a Santa Casa e para o Hospital Infantil Antônio Fontes, ambos em Paranaguá.