A Secretaria da Segurança Pública lançou, nesta quinta-feira (12), uma ação especial de reforço no policiamento no litoral paranaense. As equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar que integram um efetivo de pelo menos mais 100 homens que estarão fazendo um trabalho preventivo para inibir a criminalidade nas cidades de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná iniciaram a operação a partir da concentração feita na Praia Central, em Guaratuba. De acordo com a coordenação da operação, a cargo do Centro de Operações Conjuntas (COC), da SESP, a intenção é garantir uma maior sensação real de segurança e tranqüilidade a quem escolheu o litoral do paranaense para passar o feriado prolongado. O trabalho é integrado, semelhante ao que é desencadeado em outras regiões do Estado.

Equipes da Força Especial de Pronto Emprego (FEPE), formada por policiais militares, bem como do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde, e do Batalhão de Polícia Rodoviária, ambos também da PM, estão se dividindo em ações específicas respectivamente de patrulhamento preventivo, no policiamento na Ilha do Mel e nas estradas. Por sua vez, a Polícia Civil está em maior número no litoral com equipes do Cope (Centro de Operações Policiais Especiais) e da Dinarc (Divisão de Narcóticos) e da Divisão Policial do Interior. "Fizemos este incremento no policiamento a partir da expectativa da presença de muitas pessoas no litoral. Nós sempre buscamos nos antecipar seguindo um cronograma de ações", disse o coordenador do COC, delegado Sebastião Ramos dos Santos Neto.

As equipes da FEPE, Cope e Dinarc atuarão dentro de suas atribuições, de patrulhamento ostensivo, investigações e combate ao tráfico de drogas. Nas estradas que dão acesso ao litoral, a que liga Alexandra a Matinhos, a BR 277 a Praia de Leste e a que vai de Garuva a Guaratuba, o monitoramento e a fiscalização ficam a cargo do Batalhão de Polícia Rodoviária da PM, que está com reforço no policiamento em todo o Paraná dentro da "Operação Padroeira 2006". Para reforçar a atuação policial na Ilha do Mel, a Força
Verde está usando cães farejadores de narcóticos, cedidos pelo Canil Central da Companhia de Polícia de Choque da PM, de Curitiba. Além disso, as equipes policiais locais, de todos os municípios do litoral, estarão atendendo a ocorrências normalmente, podendo ser acionadas pelo telefone 190.