A Secretaria da Justiça e da Cidadania já solucionou as irregularidades apontadas no relatório do Tribunal de Contas, divulgado no início da semana, sobre a situação do Sistema Penitenciário no Paraná. Segundo o secretário Aldo Parzianello, a inspeção do TC feita em julho de 2003, registrou deficiências deixadas pela administração anterior e que vêm sendo sanadas durante sua gestão. “A pior herança recebida pelo atual governo foi o Sistema Penitenciário. Estamos trabalhando para colocar tudo em ordem”, afirmou o secretário.

Parzianello também determinou uma sindicância para apurar a denúncia que há agentes penitenciários trabalhando armados. “Isso não pode ocorrer, iremos pedir mais detalhes do relatório para verificar essa situação”, afirmou o secretário. Ele também contestou que a cozinha da Penitenciária Feminina do Paraná tenha problemas de higiene, uma vez que a alimentação é um serviço terceirizado, no ano passado. Esse procedimento está sendo aplicado também nas outras penitenciárias do Estado.

Os projetos encaminhados pelo Paraná ao Ministério da Justiça foram deferidos. “Já estão em andamento a aquisição de laboratório de prótese, fábrica de colchões e treinamento e capacitação de mão-de-obra de presos”, lembrou Parzianello. Segundo ele, o governo do Estado também está viabilizando um circuito interno para televisão em diversas unidades do Sistema Penitenciário, assim como veículos para transporte de presos e ambulâncias.