Foto por: John Macdougall

O treinador alemão Joachim Löw, admitiu nesta sexta-feira que a participação de Bastian Schweinsteiger nas oitavas de final da Copa do Mundo, no domingo, contra a Inglaterra em Bloemfontein, é “mais do que duvidosa” por problemas musculares.

“Sobre Bastian, ainda há um enorme ponto de interrogação. Sua participação é mais do que duvidosa”, disse Löw em uma entrevista coletiva à imprensa, referindo-se ao jogador, que sente dores nos músculos dos glúteos.

“Ainda não está certo que possa estar 100%, assim como Jérôme Boateng. Não devem treinar esta tarde (sexta-feira) e precisamos ver a evolução da situação a cada dia”, acrescentou o treinador alemão.

Com problemas físicos desde a partida de quarta-feira, na vitória alemã sobre Gana (1-0), Schweinsteiger (com 77 partidas pela seleção) teve que ser substituído aos 36 do segundo tempo e ainda não foi liberado para participar dos treinos.

“Tomaremos uma decisão no último momento, mas se estiver 90%, isso não será suficiente contra a Inglaterra”, considerou Löw.

Se Schweinsteiger, que Löw descreve como “o coração da equipe” desde a baixa de Michael Ballack, não tiver condições de jogo, o treinador poderá recorrer a Toni Kroos, jogador do Bayern Munique, cedido durante uma temporada e meia ao Bayern Leverkusen.

“Toni tem muita confiança em si mesmo, como mostrou em sua entrada na partida contra Gana”, declarou Löw. Com 20 anos, Kroos disputou cinco partidas com a seleção da Alemanha.