Rogério Ceni deu o primeiro passo para confirmar sua idéia de se aposentar do futebol em 2010. A diretoria do São Paulo anunciou hoje, por meio do site oficial do clube, a renovação do contrato do goleiro, que terminaria em 2008, por mais dois anos.

Segundo a nota, o goleiro reuniu-se com os dirigentes antes de viajar de férias e rapidamente definiu o novo acerto. Foram mantidas as mesmas bases do contrato vigente.

Capitão do time e maior ídolo da torcida, Ceni, como os demais titulares do São Paulo, à exceção do meia Souza, foram liberados pelo técnico Muricy Ramalho da partida contra o Paraná, amanhã, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

O goleiro, que completará 34 anos em janeiro, já manifestou por diversas vezes o interesse de tornar-se dirigente do São Paulo após parar de jogar. Na comemoração do tetracampeonato brasileiro, ele fez juras de amor ao clube e disse que não o trocará por nenhum outro.