A Sanepar vai começar obras que beneficiarão moradores de Londrina e de Apucarana, nos próximos dias. Nas duas cidades, serão investidos cerca de R$ 10,7 milhões para ampliar o sistema de tratamento e distribuição de água tratada. Segundo o diretor de Investimentos da Sanepar, Heitor Wallace, ?essas novas obras integram o conjunto de 604 empreendimentos que a empresa tem em andamento em todas as regiões do Estado?.

Em Londrina, para ampliar o sistema de reservação de água tratada, estão sendo liberados R$ 4,3 milhões, que permitirão a construção do reservatório Ouro Branco. Já para o sistema de esgoto sanitário, estão sendo destinados R$ 2,2 milhões. Em aproximadamente 60 dias, a Sanepar deve concluir dois reservatórios de água, o Santos Dumont e o Vivi Xavier, que, juntos, permitirão armazenar 7,650 milhões de litros de água tratada. Também estão em fase de execução os serviços de substituição de 40 quilômetros de rede de água, com previsão de conclusão para meados de 2006.

Nas próximas semanas deve ser concluída, ainda, a obra de implantação do coletor tronco Igapó, que será responsável pelo transporte do esgoto da região da Gleba Palhano até a estação de tratamento. Está em execução, também, a ampliação da rede de esgoto sanitário. ?Estamos estendendo 83,7 mil metros de rede coletora. Com isso, mais 5.417 famílias londrinenses passarão a receber este serviço da Sanepar?, explica Heitor. As obras no sistema de esgoto permitirão elevar de 67% para 71% o índice de atendimento à população.

Apucarana

Os recursos liberados para Apucarana, no total de R$ 4.199.722,23, serão aplicados na ampliação da estação de tratamento Biguaçu. A previsão é concluir a obra até julho de 2006. Naquela cidade, está em implantação 53,5 km de rede coletora, que beneficiará 2.678 famílias, com conclusão prevista ainda para este ano.

Os empreendimentos encontram-se em diversas fases ? elaboração de projeto, levantamento técnico, licitação ou obra sendo executada. Segundo Heitor, 74 empreendimentos estão em andamento na região de Londrina. Além deles, outros se encontram em diversas fases de andamento em todo o Estado.

Na região de Maringá são 91 e, na Região Sudoeste, 166. Outros 82 empreendimentos estão em andamento no Litoral e nas regiões que têm como pólo as cidades de Ponta Grossa, União da Vitória e Telêmaco Borba. Em Curitiba e Região Metropolitana são 86 obras previstas ou em execução. Além destas, 49 obras especiais estão em fase de elaboração de projeto e 56 são referentes à perfuração de poços, para aproveitamento de águas subterrâneas.