Temporada de verão lembra tranqüilidade. Porém, veranistas e proprietários de imóveis nos municípios do litoral devem tomar alguns cuidados antes de descer a serra. Entre eles, verificar junto à Sanepar se a ligação de água está regularizada. Caso haja débitos pendentes, o proprietário poderá quitá-los em qualquer agência arrecadadora. A sugestão é que a conta de água fique em débito automático. Para isso, basta o proprietário do imóvel entrar em contato com a agência bancária em que possui conta.

Como muitas casas no litoral permanecem fechadas durante longos períodos, as pessoas também não imaginam a quantidade de sujeira e até de pequenos animais e insetos que podem estar depositados no fundo das caixas de água do imóvel. Esta sujeira pode provocar contaminações e o risco de doenças, desde as mais simples, como verminoses, até infecções.

O gerente da empresa no litoral, Denílson Belão, alerta para a limpeza periódica dos reservatórios domésticos de água. ?Para que a qualidade da água seja assegurada, até a hora do consumo, há a necessidade lavar e desinfectar a caixa de água a cada seis meses.? Fazer essa limpeza é fácil. As orientações estão disponíveis no site da Sanepar (www.sanepar.com.br) ou pelo telefone 115. (veja box em anexo)

A empresa orienta os veranistas que passarão a temporada em imóvel alugado que exijam que o proprietário faça a limpeza da caixa de água antes de entrar na casa.

Uso responsável

A água, embora abundante no litoral, é um bem finito. Por isso, deve ser utilizada de forma responsável. Evite banhos demorados, lavar carros e calçadas entre outras formas de desperdício. Essas são algumas ações para as próximas gerações, que podem sofrer com a escassez.