Os irmãos Sandy e Junior passaram por um grande susto na noite de ontem, quando passavam pela Linha Amarela, via rodoviária que liga a Barra da Tijuca à zona suburbana, no Rio de Janeiro. Eles iam em direção ao Aeroporto Antônio Carlos Jobim – onde voariam para Campinas – quando, na altura da Linha Vermelha, o carro de seus próprios seguranças, um Tempra, bateu na Pajero blindada, onde estava a dupla famosa.

Segundo o empresário dos artistas, Cacá Mamoni, que estava no mesmo automóvel, eles tiveram que frear bruscamente – por conta de uma interrupção no fluxo do tráfego – não dando tempo de o Tempra com os guardas-costas parar a tempo.

“O Tempra bateu em nosso carro e, todos que estávamos na Pajero, eu, Sandy, Junior, Noely e o motorista, ficamos com dor no pescoço pelo trauma da batida, mas nada sério. Disseram que o engarrafamento teria sido por causa de uma tentativa de assalto em outro carro na autopista, mas, depois do susto, seguimos em frente”, relata Cacá.

Somente em Campinas, no interior paulista, que Sandy e Junior e os demais passageiros da Pajero procuraram um médico. Hoje pela manhã, os irmãos tiraram radiografias que descartaram qualquer fratura. Os cantores seguiram para a sua fazenda, no interior paulista, onde descansam nesta tarde.