As Ruas da Cidadania vão fechar o ano com mais de 7,5 milhões de atendimentos. A liderança, com 1,7 milhão de atendimentos é da Regional Boqueirão, seguida de perto (1,630 milhão) pela Regional Portão/Fazendinha. Os números são resultado de projeção feita com base na média de atendimentos mensais de janeiro a novembro deste ano.

São oito Ruas da Cidadania que funcionam como braço da Prefeitura nos bairros, além de oferecer ao cidadão serviços das esferas estadual e federal e pontos de comércio e lazer. As Ruas também são sedes das Administrações Regionais que coordenam a atuação de secretarias e outros órgãos municipais nos bairros, incentivando o desenvolvimento de parcerias entre comunidade e poder público.

Nas Ruas da Cidadania o cidadão encontra serviços e atendimento prestados por núcleos das diversas secretarias municipais – como abastecimento, ação social, cultura, obras e saúde – pode fazer documentos, como Carteira de Trabalho e Identidade, além de contar com Agência do Trabalhador, Receita Estadual, biblioteca, agência bancária e lojas.

Um dos serviços mais procurados é o Armazém da Família, equipamento municipal destinado à população de baixa renda. Nos Armazéns, trabalhadores com renda até três salários mínimos, cadastrados na sua associação de bairro ou Administração Regional, podem fazer suas compras gastando cerca de 30% menos. Este ano, a rede de Armazéns da Família fez em média 660 mil atendimentos.

A Fundação de Ação Social (FAS) promove nas Ruas da Cidadania atividades físicas com idosos, para estimular a convivência social e prolongar a vida produtiva. A Secretaria Municipal do Esporte e Lazer oferece aulas de ginástica estética, ginástica localizada, ginástica para a terceira idade, vôlei, basquete, futebol, jazz, orientação a caminhadas e condicionamento físico.

Outra atividade de Esporte e Lazer nas Ruas da Cidadania é a prática de esportes por crianças e adolescentes, através do Centro de Aprimoramento de Talentos Esportivos (Cates), criado em 1998. Há escolinhas de futebol de campo de areia e salão; vôlei, basquete, handebol, ginástica rítmica e olímpica; natação; atletismo e tênis de mesa.

As Administrações Regionais incluem os Distritos Rodoviários Municipais, que cuidam da manutenção das vias públicas. Os distritos rodoviários têm 16 equipes de manutenção para cuidar da malha viária da cidade e também ruas de saibro, sistemas de drenagem, roçada de calçadas e ciclovias. Os Distritos recuperam em média 380 km de ruas por mês e têm sido responsáveis também por pequenas obras viárias, como correção geométrica e construção de calçadas.

Distritos Sanitários também integram as Administrações Regionais. Eles gerenciam as unidades municipais de saúde. Suas principais atribuições são apoiar ações de controle de doenças e agravos; receber queixas, inspecionar e emitir licenças sanitárias para estabelecimentos comerciais e de saúde.