A Rua da Cidadania da Matriz, na praça Rui Barbosa, completa oito anos nesta segunda-feira (23) com um presente muito especial. Às 15 horas, o prefeito Beto Richa entrega o primeiro posto 24 horas da Guarda Municipal do Centro, que está instalado no interior do Mercado Central, dentro da Rua da Cidadania.

O espaço foi cedido para a Secretaria Municipal da Defesa Social, que o ocupará com um efetivo de 80 guardas, para preservar as praças, parques e equipamentos públicos.

A animação vai até o final da tarde. Além de inaugurar o posto da Guarda, o prefeito dará posse à comissão técnica do Mercado Central e visitará os núcleos das secretarias municipais instalados na Rua da Cidadania.

Quem passar pelo local poderá fazer compras e assistir apresentações musicais. Primeiro será a Banda Marcial do Colégio Padre João Bagozzi. Depois, a festa segue ao som da Roda de Choro, com os alunos do Conservatório de Música Popular Brasileira da Fundação Cultural de Curitiba (FCC).

Serviços e Comércio

As Ruas da Cidadania são estruturas que abrigam as administrações regionais e funcionam como filial da Prefeitura nos bairros. Nelas, a população encontra serviços públicos e também comércio.

Um dos grandes diferenciais da Rua da Cidadania da Matriz é o Mercado Central, que abriga cerca de 300 permissionários, com uma extensa variedade de produtos. São opções que agradam todos os gostos e bolsos. Além de frutas e verduras tem artigos populares e mais sofisticados.

Por exemplo, as peças de porcelana pintadas pelo casal Letícia e Lauro Gesser. Eles trabalham há trinta anos e segundo Gesser é um ofício que requer muita dedicação. São objetos de decoração como miniaturas, relógios de parede e quadros, ou peças mais delicadas, como aparelhos de chá e café. "Todas as peças requerem um trabalho minucioso", comenta Lauro Gesser.

O artesanato manual também faz muito sucesso entre as diversas opções de compras. A história da artesã Ilda Maria Gomes tem afinidade com o aniversário da Rua da Cidadania. Há oito anos a artesã estava saindo do comércio ambulante para um ambiente seguro e coberto.

Antes, comercializava peças com bordados manuais, na praça Rui Barbosa, a pleno céu aberto e sem nenhuma proteção. "Era muito mais difícil, a gente tinha que correr da chuva para não molhar a mercadoria e o frio no inverno era de doer. Além do risco de roubo", disse Ilda Maria.

Oito anos depois, a realidade de Ilda é outra. Hoje tem a sua loja, no box 375, e os seus bordados viajam o mundo. "Já vendi para turistas dos Estados Unidos, Inglaterra e até para a Alemanha. Eles ficam encantados com a beleza das peças bordadas", disse Ilda.

A Administração Regional da Matriz abrange a área central de Curitiba e mais os bairros Ahú, Alto da Glória, Alto da XV, Batel, Bigorrilho, Bom Retiro, Cabral, Centro Cívico, Cristo Rei, Hugo Lange, Jardim Botânico, Jardim Social, Juvevê, Mercês, Prado Velho, Rebouças e São Francisco. De acordo com o Censo de 2000, do IBGE, moram nestes 18 bairros 202 mil pessoas.