Andy Roddick venceu o espanhol Juan Carlos Ferrero e conquistou hoje o título do Masters Series de Cincinnati. O norte-americano aplicou 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4 e levantou o 21.º troféu de sua carreira, coisa que não acontecia há quase um ano.

Em Cincinnati, onde foi vice-campeão no ano passado ao perder para Roger Federer, Roddick fez uma final de dois tenistas que estão longe de suas melhores fases. Ferrero também brilhou em 2003, quando foi campeão de Roland Garros, vice do Aberto dos EUA e chegou a liderar o ranking por oito semanas, porém, de lá para cá só caiu de rendimento. Em 2004, passou por uma série de contusões e, no ano passado, voltou a fazer uma temporada ruim.

O bom desempenho do espanhol durante a semana, entretanto, não foi suficiente para superar Roddick, que jogou em casa e se mostrou em forma para entrar como favorito no Aberto dos EUA, que começa no dia 28. Na partida o norte-americano conseguiu impor seu forte saque – cravando 17 aces – e fechou a partida em uma hora e dez minutos com certa facilidade.