O atacante Robinho, do Real Madrid, voltou atrás da declaração de que não confiava em Fabio Capello e que sairia do time caso continuasse na reserva, e afirmou hoje que segue "com a esperança de vencer" no clube.

O brasileiro, no entanto, não admitiu que a nova postura tenha relação com um possível planejamento da diretoria de mudar de técnico na próxima temporada.

"Meu pensamento é seguir com a esperança de vencer no Real Madrid. Disse (na última coletiva) que quando não jogo e não estou contente, mas acho que Capello confia em mim porque me coloca para jogar. Espero continuar jogando bem e demonstrando meu futebol", assegurou.

"Não sabemos se Capello continuará ou não. Sabemos que temos que lutar forte, com a cabeça, em um campeonato do qual queremos ser campeões", acrescentou.

Apesar de ter marcado o gol que garantiu a vitória contra o Celta, no domingo, pelo Campeonato Espanhol, Robinho disse não ter certeza se será titular contra o Osasuna.

O atacante também minimizou a diferença de adversários entre o Real e o Barcelona, que teria um caminho mais fácil no Campeonato Espanhol, e se mostrou confiante na conquista do título.

"Temos a oportunidade de brigar até o final pelo Campeonato. Agora não podemos perder nenhum jogo. Precisamos ganhar e continuar somando pontos", concluiu