O risco Brasil, medido pelo JP Morgan, operava às 16h39 (de Brasília) na mínima do dia, em queda de 5 pontos-base, a 185 pontos-base. O risco dos países emergentes também recuava 5 pontos-base, a 167 pontos-base.

O risco Brasil é o grau de desconfiança dos mercados financeiros em relação à capacidade de o país pagar sua dívida e é calculado com base no rendimento dos títulos da dívida externa no mercado secundário.

Na prática, a medida em pontos representa quanto o país paga a mais em relação à rentabilidade garantida pelos bônus do Tesouro dos Estados Unidos.