O resgate dos corpos dos tripulantes e passageiros do avião Brasília, da empresa aérea Rico, que caiu na sexta-feira em Manaus, deve se estender até quarta-feira, conforme informou o Departamento de Aviação Civil (DAC). Os destroços do avião estão sendo removidos para Manaus e preservados para análise. O DAC informou que a caixa preta, que pode trazer mais informações sobre o motivo do acidente, foi severamente danificada e por isso a analise será feita nos Estados Unidos. As investigações da causa do acidente devem durar cerca de 90 dias, segundo a Aeronáutica.