O presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, disse que a equipe de resgate deve começar ainda hoje (1) a retirada dos corpos do local onde o Boeing 737-800 da Gol caiu na última sexta-feira (29). ?As equipes estão lá para isso. É provável que hoje ainda se comece esse trabalho?, disse.

Por ter caído num local de difícil acesso por conta da mata fechada, Zuanazzi disse que o trabalho de buscas será lento e complexo. ?O resgate pode demorar pelas condições no local. As perspectivas de sobreviventes são, cada vez, mais raras à medida que o tempo passa. A gente, evidentemente, nunca perde a esperança, mas vai se tornando muito difícil encontrar um sobrevivente?.

As conclusões das investigações devem ser feitas num prazo de 90 dias.