O governador Roberto Requião lançou, nesta sexta-feira, em Foz do Iguaçu, a Tarifa Social da Sanepar, que beneficia famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa fornecendo 2.500 litros de água ao custo de R$ 1,25. O programa pode atender 13.940 famílias, em Foz , e 1.000 no município vizinho de Santa Terezinha de Itaipu. “Estamos justificando a existência de um governo, que deve ser fator de equilíbrio social”, afirmou o governador.

Com o lançamento do programa, também foi anunciada a liberação de R$ 2 milhões para implemento da rede de coleta de esgoto, que deve ser expandida em 34 quilômetros e beneficiar 5.470 habitantes de Foz do Iguaçu. O investimento complementa o aporte de R$ 8 milhões em recursos para obras já licitadas e que devem fazer com que 60% da população do município seja atendida pela coleta de esgoto, até 2005. Todo o esgoto coletado pela Sanepar é tratado.

Ao todo, estão previstos investimentos na ordem de R$ 11 milhões na ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário e Abastecimento de Água. Segundo estudos da Sanepar, a cada R$ 40 mil investidos em obras, são gerados cinco empregos. “Além de expandir o saneamento básico, este investimento injeta recursos na economia do município com a geração direta e indireta de empregos”, destacou o prefeito de Foz do Iguaçu, Sâmis da Silva.