“Com apenas um telefonema para o senador Romero Jucá (PMDB-RR), relator da Reforma Tributária, Requião conseguiu garantir o repasse de 3% do Orçamento para o Fundo de Participação dos Municípios para as 5.600 cidades brasileiras”, contou Joarez Henrichs, prefeito de Barracão, presidente da Associação dos Municípios do Paraná e membro da Confederação Nacional dos Municípios. Henrichs esteve com o governador Roberto Requião na tarde de hoje.

Essa porcentagem significa a obtenção de R$ 3 bilhões para os municípios, provenientes da cota da União. No entanto, a Confederação Nacional dos Municípios ainda pleiteia que o repasse chegue a 5%.

Segundo Henrichs, nos últimos dez anos houve a perda de R$ 17 bilhões do Fundo de Participação dos Municípios com isenções e subsídios de impostos. Atualmente, o município de Barracão arrecada cerca de R$ 120 mil por mês. “Com os 5% que estamos pleiteando, Barracão terá um acréscimo de R$ 70 mil por mês. Esse valor não supre o que perdemos nos últimos anos, mas já representa mais dinheiro em caixa”, afirmou. (Leia mais na edição de amanhã de O Estado do Paraná)