O rendimento médio real dos trabalhadores nas seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE ficou estável (0,1%) em novembro ante outubro e aumentou 2,6% ante novembro de 2003, totalizando R$ 904,70, segundo divulgou hoje o IBGE. A maior variação anual do rendimento ocorreu para os trabalhadores sem carteira assinada, com aumento de 4,4% ante novembro de 2003. Os trabalhadores sem carteira também foram os únicos a elevar o rendimento em novembro ante outubro (7%)