Jane de Araújo / Agência Senado
Jane de Araújo / Agência Senado

Calheiros fica na presidência
do Senado por mais um biênio.

Brasília – O atual presidente da casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), venceu a disputa à Presidência do Senado sobre o concorrente da oposição José Agripino (PFL-RN). Foram 51 votos a 28 votos, um voto branco e um voto nulo. Este será o segundo mandato de Renan na presidência da Casa.

O senador nasceu em Murici (AL) e iniciou a vida política ainda no movimento estudandil. Nos anos 70 se elegeu presidente do Diretório Acadêmico da área de Ciências Humanas e Social da Universidade Federal da Alagoas (UFAL).

Ainda estudante de direito, em 1978, Renan Calheiros elegeu-se deputado estadual pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido que fazia oposição ao regime militar. Dois anos depois, tornou-se líder da bancada na Assembléia Legislativa de Alagoas. Com o fim do bipartidarismo, Renan filia-se ao PMDB e elege-se deputado federal em 1982.

Em 1986, Renan assume a Presidência do PMDB alagoano. Foi eleito deputado federal constituinte com 54,8 mil votos. Na eleição de 1994, é eleito senador por Alagoas com 235,3 mil votos. No dia sete de abril de 1998, o senador Renan Calheiros toma posse no  Ministério da Justiça. Em 2001, assumiu a Liderança do PMDB no Senado e integrou o comando nacional do partido. Foi reeleito em 2002.