Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Biopirataria começa a discutir na quarta-feira (22) o relatório final do relator, deputado Sarney Filho (PFL/MA). Criada em 2004, a CPI investiga o tráfico ilegal de animais e plantas silvestres da fauna e da flora brasileiras.

Além de investigar os criadouros, o comércio ilegal e as condições em que se encontravam os animais, a CPI analisou atividades de exploração e comércio ilegal de madeira e a biopirataria.

Durante os trabalhos, a CPI também contou com a colaboração direta de técnicos do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A reunião está prevista para as 14h30 no plenário 5 da Câmara dos Deputados.