O presidente Fernando Henrique Cardoso deve assinar, nos próximos dias, decreto fixando regras para a execução do zoneamento econômico-ecológico (ZEE) na Amazônia. O zoneamento definirá as áreas de aptidão agrícola e de preservação ambiental na região.

Mas o ministro do Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, garante que essas diretrizes não revogarão exigência de preservação ambiental de 80% das propriedades rurais na Amazônia  prevista pela Medida Provisória que alterou o Código Florestal.