A Região Metropolitana de Curitiba (RMC) está no topo da lista dos procedimentos instaurados pela Ouvidoria em 2005. Cálculos feitos pela Secretaria Especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral (Seoge) mostram que 63,7% dos casos encaminhados para outros órgãos para averiguação e análise partiram das solicitações, reclamações ou denúncias feitas por pessoas que vivem nos 26 municípios da RMC.

Se considerados os registros de cidades do Paraná, só os cidadãos de Curitiba foram responsáveis por mais da metade (55,5%) dos 3.650 atendimentos que geraram procedimentos desde janeiro até os primeiros dias de agosto, enquanto isso, a quantidade de registros da RMC foi de 2.325.

São José dos Pinhais (72), Colombo (51), Pinhais (33), Almirante Tamandaré (23), Fazenda Rio Grande (18), Araucária (16), Campina Grande do Sul (seis), Contenda (cinco), Quatro Barras (quatro), Itaperuçu (três), Adrianópolis (dois) e Tijucas do Sul (um) são algumas das cidades da Região Metropolitana de Curitiba que tiveram procedimentos instaurados pela Ouvidoria.

Apesar de mais da metade dos encaminhamentos feitos pela Secretaria ter sido originada dos contatos de moradores da RMC, cidadãos que vivem nas outras regiões do Estado também participaram com suas sugestões, reclamações, solicitações e denúncias.

Entre os municípios com maior número de procedimentos instaurados estão Londrina (132), Maringá (112), Ponta Grossa (79), Cascavel (64), Paranaguá (52), Foz do Iguaçu (52) e Umuarama (34), por exemplo. Também foram registrados casos de Telêmaco Borba (21), Jacarezinho (19), Cambé (11), Palmas (seis) e Medianeira (quatro), entre outros.

Avaliação

Para o secretário Luiz Carlos Delazari, a concentração de procedimentos instaurados provenientes de contatos de Curitiba e região metropolitana era esperada, já que a sede do órgão fica na capital e tem mais visibilidade na região do que em outras localidades do estado. Mas, ele destaca que é importante ? na busca por mais eficiência na administração estadual ? que os moradores de outras áreas do Paraná (como do interior) participem, relatando casos das suas regiões.

Serviço
Secretaria Especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral. Rua Comendador Araújo, 711, Batel, Curitiba ? Paraná. CEP 82.420-000. Telefone: 0800-411113. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 19 horas. Na internet: www.pr.gov.br/ouvidoria.