Em mais uma operação conjunta, a Receita Federal e a Polícia Federal iniciaram hoje a "Operação Dilúvio" para combater fraudes no comércio exterior. Os alvos são empresas e pessoas envolvidas em sonegação do Imposto sobre Produção Industrial (IPI). As principais irregularidades são falsidade ideológica, evasão de divisas e cooptação de servidores públicos.

A operação está sendo desenvolvida nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Espírito Santo, Ceará e Pernambuco além do Distrito Federal. Cerca de 1.400 policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão e efetuarem prisões.