presidente da Câmara, Aldo Rebelo, anunciou nesta terça-feira (19) que está convocando para ainda hoje, no final da tarde, uma reunião das mesas da Câmara e do Senado e dos colégios de líderes das duas casas para tratar da questão salarial. Aldo afirmou que já conversou com o presidente do Senado, Renan Calheiros, sobre essa reunião. Segundo ele, a reunião vai discutir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele disse que a idéia é que o plenário, em sessão a ser realizada amanhã pela manhã, vote um novo decreto legislativo específico sobre os salários dos parlamentares. Algo afirmou que o plenário decidirá sobre todas as propostas existentes de reajustes salarial – a de R$ 24.500 e a de R$ 16.000.

"As decisão do plenário é soberana e decidirá sobre as propostas". Aldo Rebelo disse que a decisão do Supremo será acatada pela Câmara e pelo Senado "como sempre aconteceu", evitando responder as perguntas sobre se houve ingerência ou não do Judiciário no Legislativo.