Foi libertado há pouco um dos sete policiais militares feitos reféns na rebelião na Casa de Custódia Jorge Santana, no Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio, desde o início da manhã de hoje. De acordo com o comandante-geral da PM, Francisco Braz, as negociações com os rebelados continuam. Ele afirma que não há previsão de invasão da unidade por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope). ?Qualquer atitude coercitiva só será adotada como última alternativa.?