O novo presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Rafael Greca de Macedo, tomou posse nesta quinta-feira (1.º) assumindo o compromisso de trabalhar pela inclusão social. ?A palavra de ordem é fazer bem feito para promover o desenvolvimento humano?, disse. ?Estamos determinados a ofertar uma cesta de cidadania à nossa clientela?.

Formado em Economia pela Fundação de Estudos Sociais do Paraná (Fesp) e em Engenharia Civil com especialização em Urbanismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Rafael Greca foi prefeito de Curitiba entre 1993 e 96, ministro do Esporte e Turismo, deputado federal, deputado estadual e vereador em Curitiba. Na Cohapar, ele substitui a arquiteta Rosangela Curra, que reassume o cargo de diretora de Projetos da empresa.

Greca disse que volta à lida da engenharia para ajudar a resgatar a imensa dívida social brasileira. ?O Brasil não precisa de repartições públicas, mas de institutos de humanidade. Um instituto voltado para o resgate social, dentro da elevada orientação do governador Roberto Requião, líder dessa idéia do Brasil moderno?, afirmou.

?Essa é a casa do resgate?, salientou Greca, referindo-se à Cohapar. ?Todas as colaborações serão aceitas, desde que tragam fartura a um sonho meu, do governo e de todas as famílias generosas do Paraná. Pedimos a Deus que nos ajude a acrescentar idéias novas e novas soluções ao notável acervo de realizações técnicas e humanitárias desta Cohapar?, disse.

O vice-governador Orlando Pessuti ressaltou a experiência de homem público do novo presidente da Cohapar. ?Rafael Greca tem uma história bonita de trabalho em Curitiba, na sua região metropolitana e em todo o Brasil, por ter sido vereador, prefeito, deputado estadual e federal e ministro do Turismo. Agora chega a um lugar onde poderá, junto com essa equipe de trabalho, promover a cidadania, resgatar direitos e dar seqüência ao trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Governo do Paraná.?

Segundo Rosangela Curra, a política habitacional do Governo do Paraná beneficiou 61 mil famílias entre 2003 e 2006. ?Trabalhamos para levar dignidade e qualidade de vida?, afirmou.

A solenidade de posse também teve a presença dos secretários Rafael Iatauro (Casa Civil), tenente-coronel Anselmo José de Oliveira (Casa Militar), Heron Arzua (Fazenda), Luiz Forte Netto (Desenvolvimento Urbano), Maria Marta Lunardon (Administração), Nestor Bueno (Planejamento) e Rasca Rodrigues (Meio Ambiente), além do procurador-geral do Estado, Sérgio Botto de Lacerda, do presidente da Sanepar, Stênio Jacob, e de diversos deputados estaduais.