O rabino Henry Sobel continua internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. O rabino foi hospitalizado após ser divulgada a notícia de que ele foi preso em Miami (EUA), no último dia 23, acusado de roubar gravatas em uma loja.

O hospital divulgou que o rabino encontrava-se fazendo tratamento contra insônia, tomando medicamentos que provocaram confusão mental e amnésia. O hospital informou ainda que ele não deseja falar com ninguém.

A Federação Israelita informou que o rabino foi temporariamente afastado de suas funções, mas a entidade decidiu não substituí-lo por enquanto.