Os indícios de queda na inflação sinalizam para recuo na taxa básica de juros (Selic) que está em 26,5% ao ano. A afirmação foi feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, há pouco, em discurso na solenidade de entrega simbólica de 225 toneladas de alimentos para o Programa Fome Zero, na fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Segundo ele, o que o governo vinha fazendo neste cinco meses eram os arranjos necessários para impedir a volta da inflação.

Lula comparou a ação do governo a uma peça musical. “Estamos afinando a orquestra e o espetáculo vai começar”, enfatizou, advertindo que não é por vontade do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, ou do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que a taxa de juro ainda não caiu. ?Eles também dormem preocupados com a questão dos juros altos, mas, para uma redução, é preciso antes criar bases sólidas”. Neste momento, Lula segue para o município de Diadema, vizinho a São Bernardo, onde visita a Cooperativa Central de Produção Industrial de Trabalhadores em Metalurgia (Uniforja), seu segundo compromisso em São Paulo.