O PT deve definir nos próximos dias o nome do candidato do partido à sucessão do deputado João Paulo Cunha (PT-SP) na presidência da Câmara dos Deputados. A intenção do partido é apresentar um único nome para disputar as eleições da Mesa Diretora da Casa em fevereiro.

De acordo com o líder do governo na Câmara, deputado Professor Luizinho (PT-SP), o partido definirá o nome do candidato rapidamente. Segundo ele, a questão está sendo discutida internamente entre os membros da bancada. "Esta é a nossa regra e esta foi a nossa orientação", disse Luizinho. "A questão da presidência, o PT está debatendo, está discutindo, e apresentará à Casa rapidamente a sua posição. Uma coisa é certa: teremos um único nome", afirmou.

Uma decisão neste sentido pode sair na terça-feira, quando a bancada do partido vai se reunir. O encontro está previsto para 14 horas no plenário 3 da Câmara.

Os membros da Mesa Diretora da Câmara são eleitos a cada dois anos. Para sua composição, de acordo com o regimento interno da Casa, é assegurada a proporcionalidade partidária. O PT, com 90 deputados, é hoje a maior bancada da Câmara, seguido pelo PMDB, com 77, e o PFL, com 60. A eleição do novo presidente será em fevereiro, após o recesso parlamentar.