A Ponte da Amizade, que liga Brasil e Paraguai, foi fechada hoje às 7 horas. Os paraguaios protestam contra o rigor da Receita Federal, que está apreendendo veículos que transportam mercadorias em desacordo com a legislação brasileira. Autoridades paraguaias pretendem ir a Brasília para negociar uma flexibilidade. O objetivo é manter a fronteira fechada por tempo indeterminado. As manifestações vêm se realizando desde o dia 7, com constantes fechamentos da fronteira. Durante esse período vários veículos brasileiros também ficaram retidos no lado paraguaio e só foram liberados sexta-feira.