Os funcionários do Banco Central (BC) entram hoje nesta quinta-feira (19) no terceiro e último dia da greve de 72 horas iniciada na última terça-feira. Em reunião realizada na noite de ontem, o diretor de Administração do BC, Antonio Gustavo Matos do Vale, informou aos representantes sindicais do empregados do banco que o governo apresentará uma proposta de recomposição salarial na quarta-feira da próxima semana.

"Até lá, não faz sentido decidirmos entrar em greve por tempo indeterminado. Vamos aguardar a apresentação da proposta antes de tomarmos uma decisão neste sentido", disse o presidente do Sindicato dos Técnicos do BC (Sintbacen), Antonio Maranhão. A principal reivindicação dos servidores do BC é conseguir uma equiparação salarial com os auditores da Receita Federal.