O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse hoje que os cinco projetos prioritários de Parceria Público-Privada (PPPs) – entre eles, a Ferrovia Norte-Sul e o Arco Rodoviário do Rio de Janeiro – têm 99% de chances de serem assinados antes de abril de 2006.

De acordo com o ministro, as PPPs são importantes para o desenvolvimento sustentado da economia brasileira. Paulo Bernardo ressaltou que o setor de transportes, destacando as ferrovias e as rodovias, é prioridade do governo para os próximos anos.

Ele disse que tudo está sendo feito com muito critério. "Nós estamos fazendo da melhor forma possível. O processo tem que ser bem construído, para que a gente tenha a segurança de que vai funcionar bem", afirmou o ministro.

Paulo Bernardo participou hoje do seminário "O Desafio das Parcerias Público-Privadas", no Centro de Convenções da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).