O governador Roberto Requião entregou dois projetos aos deputados para melhorar a Segurança Pública, durante início dos trabalhos administrativos da Assembléia Legislativa, nesta quarta-feira (15). O primeiro fixa em 20.802 o efetivo da Polícia Militar, o que representa um aumento de 446 novas vagas. O outro projeto altera os quadros da corporação, para garantir mais eficiência na prestação de serviços à população. ?Queremos dotar a Polícia de um efetivo em quantitativos capazes de assegurar os paranaenses o almejado nível de segurança?, diz a mensagem do governador.

Com a alteração nos quadros da PM, fica extinto o Quadro de Oficiais de Administração (QOA) e, em seu lugar, será criado o Quadro Especial de Oficiais da Polícia Militar (QEOPM). ?Essa medida é muito bem vinda dentro da Polícia Militar, porque traz oportunidade para todos, sem exceção, de tentar alcançar o posto máximo dentro da corporação?, avaliou o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Nemézio Xavier. Esse novo quadro será constituído de segundos-tenentes a coronel e terá papel auxiliar ao Quadro de Oficiais de Policiais Militares (QOPM).

Resultados 

Requião falou dos resultados alcançados por este governo, na Segurança Pública. Entre eles, estão o avanço na implantação do conceito de polícia comunitária que hoje serve de referência para o país, com o Projeto Povo (Policiamento Ostensivo Volante) e a Patrulha Escolar Comunitária.

?O Projeto Povo é o modelo da nova polícia, próxima do cidadão, presente em seu bairro, conhecida pelos moradores e facilmente acessível e a Patrulha Escolar é outra vertente da Polícia Comunitária. Hoje, mais de 600 mil alunos em todo o Paraná já contam com esse modelo de policiamento, que protege a escola e o seu entorno, além de integrar, nas ações de segurança, alunos, pais, professores e funcionários?, explicou o governador.

Requião também ressaltou a contratação de 2.316 policiais civis, militares, bombeiros e atendentes do sistema 190. ?Estamos fazendo novo concurso para a contratação de mil policiais militares, compramos 2.597 novos veículos para a segurança dos paranaenses, assim como reequipamos as polícias Civil e Militar com novos armamentos?, continuou.

Também estavam presentes na solenidade, o vice-governador e secretário da agricultura e do abastecimento, Orlando Pessuti, o secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, o secretário-chefe da Casa Civil, Caíto Quintana, a secretária da Administração, Maria Marta Lunardon, e o presidente do Tribunal de Contas do Paraná, Heinz Herwing.