O governo do Paraná ampliou hoje os benefícios do programa Bom Emprego, permitindo que, além das indústrias, as empresas prestadoras de serviços também tenham a possibilidade de dilação do prazo de parte (50% a 90%) do pagamento do ICMS por até quatro anos.

A alteração do decreto 1465/03, que passa agora a ter um novo artigo, foi assinada pelo vice-governador e secretário da Agricultura Orlando Pessuti, e pelos secretários da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Luis Mussi, e do Planejamento e Coordenação Geral, Eleonora Fruet, durante solenidade no Palácio Iguaçu.

“Temos o compromisso de buscar a mudança para melhor no Estado do Paraná. Todas as ações do governo visam gerar emprego, melhorar a renda e promover o desenvolvimento local, regional e estadual”, afirmou Pessuti.