Rio de Janeiro – A produção média de petróleo e gás natural da Petrobras, no Brasil, em março, foi de 2 milhões 85 mil e 621 barris por dia, um incremento de 3,2% em relação à produção de março de 2006. De fevereiro para março deste ano, porém, o volume produzido manteve-se estável, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (19) pela estatal, em nota.

De acordo com os dados divulgados, a produção de petróleo nos campos nacionais fechou o mês passado com uma média diária de 1 milhão, 810 mil 949 barris, volume 3,7% superior a março de 2006.

A Bacia de Campos, no litoral norte do estado do Rio de Janeiro – a maior província petrolífera do país ?, respondeu por 87% do petróleo produzido (1,464 milhão de barris diários). A Bacia do Espírito Santo, hoje a segunda maior província produtora, respondeu por 103,32 mil barris por dia.

Já a produção nacional de gás natural manteve-se praticamente nos mesmos níveis de fevereiro, em torno de 44 milhões de metros cúbicos/dia. Da bacia do norte fluminense foram extraídos pouco mais de 20 milhões de metros cúbicos de gás por dia; enquanto no Espírito Santo a extração ficou em 2,6 milhões de metros cúbicos por dia. A segunda maior extração de gás foi registrada no Amazonas, com cerca de 9 milhões de metros cúbicos por dia.