Mesmo a contragosto dos governos estadual e federal, quatro casas de bingo estão autorizadas a funcionar em Curitiba. Hoje, apenas três delas abriram. A quarta, o bingo Millenium, ficou fechado por questão logística, mas promete reabrir amanhã. Os bingos Mirage e Bristol, assim como o Millenium, reativaram suas atividades graças a uma liminar do juiz federal Wilton Reina Cecato, da Justiça Federal do município de Santo André, no ABC paulista. Já o Village Batel funciona desde a última sexta-feira garantido por tutela antecipada concedida pelo desembargador federal Edgar Lippmann Júnior, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4.ª Região, em Porto Alegre.

O procurador-geral do Estado, Sérgio Botto de Lacerda, disse não acreditar que a nova série de liminares possa reinstaurar a guerra jurídica entre Estado e bingos, que aconteceu a partir de abril de 2003, quando o governador Roberto Requião (PMDB) decretou o fim do jogo no Estado. ?Não vai ter mais guerra. Tudo já foi discutido no âmbito estadual, já o núcleo fundamental da discussão do mérito é o decreto do governador. Chega de inventar casa de bingo com filial. É inadmissível eternizar essa disputa?, esbravejou, ao caracterizar as ações doa bingos em pedir liminares em outros Estados como uma ?criatividade maliciosa.? (leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná