O Núcleo de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), órgão vinculado à Prefeitura de Londrina, a Secretaria Municipal do Idoso e Ministério Público voltam a se reunir com empresas de transporte interestadual na sexta-feira para fechar acordo sobre a gratuidade do transporte interestadual para as pessoas acima de 60 anos. A reunião, que vai discutir o direito garantido pelo artigo 40 do Estatuto do Idoso, ocorre às 15h na sala de reuniões da Companhia de Desenvolvimento de Londrina (Codel).

Segundo o coordenador do Procon em Londrina, Gerson da Silva, o órgão e o Ministério Público exigiam que o artigo fosse integralmente cumprido, mas durante a última reunião na terça-feira, as 14 empresas representadas alegaram dificuldades para cumprir a lei, que também prevê o desconto de 50% no valor que exceder as duas passagens gratuitas para cada veículo. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)