A delegação do Internacional está tendo problemas para retornar ao Brasil após o empate sem gols desta terça-feira como Nacional, em Montevidéu. O time retornaria ao Brasil na madrugada desta quarta, num vôo fretado, mas não havia condições de embarque.

Os jogadores voltaram ao hotel e foram acordados às 4h para voltar ao aeroporto, mas novamente o vôo foi cancelado. A diretoria tentava agendar uma viagem para tarde desta quarta-feira, com um grupo de torcedores que viajou para acompanhar o time em Montevidéu.

"É inacreditável que isso esteja acontecendo", reclamou o presidente do clube, Fernando Carvalho. O atraso vai atrapalhar a programação da equipe, que, neste domingo, enfrenta o Grêmio, no Beira-Rio, na segunda partida da final do Campeonato Gaúcho.

Com o empate por 0 a 0 no primeiro jogo, no Olímpico, o Inter precisa da vitória, enquanto o rival joga por um empate com gols Se houver novo 0 a 0, a decisão vai para a prorrogação, e, se a igualdade persistir, a decisão do título será nos pênaltis.