Um problema jurídico impede o julgamento do processo de cassação do deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ). A discussão e votação sobre esse processo ocorreriam, nesta quinta-feira, durante uma reunião do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, prevista para as 16h30.

Porém, o Conselho de Ética notificou Jefferson apenas para uma reunião na segunda-feira, às 18h30. "A reunião de hoje seria nula", afirma o deputado Orlando Fantazzini (PT-SP), integrante do conselho.

Neste momento, o presidente do conselho Ricardo Izar (PTB-SP) está reunido a portas fechadas com os demais integrantes para encontrar uma solução.