Se você é daqueles que não deixa de recorrer às previsões para o ano novo, não deixe de saborear as próximas linhas. De acordo com os astros o próximo ano vem cheio de promessas: será o ano regido pelo símbolo da conquista. Aproveite para jogar fora traças e teias, refazer suas expectativas e entrar em contato com coisas novas. Para os próximos doze meses você terá que ter planos, metas e projetos consistentes.

Se você é de áries, touro, gêmeos e câncer, 2005 será o ano de suas maiores descobertas. Você entrará em contato com um novo mundo. A partir do mês de fevereiro, há uma grande possibilidade de você fazer viagens novas. O Oriente está na previsão. Prepare as malas. Aposte tudo porque esta poderá ser a viagem dos seus sonhos. Castelos, mesquitas, cultura e o cheiro que só o Oriente tem. Essa viagem poderá mudar a sua vida para sempre. Mas, tome cuidado, é preciso viajar acompanhado. Essa é uma dica importante. Caso você prefira viajar sozinho, terá que tomar muito cuidado: seu companheiro pode não gostar. Deixá-lo para trás pode trazer prejuízos incomensuráveis para sua vida.

Mas, se você é de leão, virgem, libra ou escorpião, agüente firme, o ano para você será inesquecível. 2005 é o ano destes signos. Há toda uma seqüência de acontecimentos prontos para bater em sua porta. Você terá a possibilidade de viver vários desses papéis: bandido, mocinho, religioso, amante, ditador e feiticeiro. Se deixe levar por um ou por vários deles, desde que tenha o cuidado de não fazer deles a sua ruína. Haverá um momento que você terá dúvidas em seguir ou recuar. Não tenha medo, siga, mais a frente saberá que valeu a pena. Aproveite o seu período, este é o seu momento.

Agora, se você pertence a sagitário, capricórnio, aquário e peixes, pode colocar a sua banda na avenida, ninguém conseguirá ficar imune à sua passagem, irão segui-lo. Este é o ano da sua vitória. Os astros confabulam em seu favor. Aproveite a maré de bons fluídos que paira sobre sua alma e goze de todos os bons momentos que lhe concederão. Este será o ano de suas maiores descobertas. Pode ser que você modifique a sua vida por completo, mas pode ser também que você deixe tudo como está, de qualquer forma o importante será experimentar novas sensações. A opção terá que ser sua, e imediata. Já a partir de janeiro você terá que fazer escolhas. Pondere mas vá em frente. Caso queira rever sua posição, terá a segunda chance.

O que todos precisam saber é que o próximo ano será o ano de todos essas possibilidades, desde que elas sejam por meio da leitura. Reserve no seu planejamento um espaço para leituras jamais feitas antes. Ler é também um exercício de aceitação da diferença. A cristalização do gosto do homem, ou a cristalização do gosto ao qual os homens estão são levados é algo que já preocupa pensadores por todo o mundo. Já é do nosso conhecimento uma antiga máxima que dizia: o que seria do azul se todos gostassem do amarelo? É isso. O que será de nós se permanecermos gostando das mesmas coisas por toda a vida? É importante ter prazer, é importante ter identidade, é importante ter personalidade. Essas palavras todas têm muito a ver com cristalização de gosto ou de opções. Elas são essenciais para a vida das pessoas, muito embora não possam ser únicas, perenes, imutáveis. Quando nos tornamos seres cristalizados, recebemos no mesmo momento, a certificação de que já nos afastamos demais do mundo dos diferentes e dos homens diferentes. Na vida em plena mudança, em que os valores e as formas das coisas tomam a cada dia nuances e tonalidades outras, muitas das quais efêmeras, não podemos nos permitir parar, estagnar, apodrecer. É importante mover-se, é imprescindível mexer-se, tornar-se um outro a cada dia, e nessa metamorfose que não se esvai, vamos nos descobrindo como essência, como pessoas preciosas que somos. A leitura pode nos proporcionar esses movimentos, desde que para isso a busquemos. Às vezes a despretensiosidade é que nos leva a reformular as nossas coisas. Isso é vital. Sendo pretensão ou não, embora seja cada vez mais difícil aceitar que uma leitura pode ter esse último caráter, nunca saímos de uma delas da mesma maneira que a elas adentramos. Não somos e nunca seremos os mesmos depois de uma leitura. É o poder mínimo e máximo, de acordo com a intensidade da escolha do leitor, consciente ou não disso, que pode moldar estas dimensões. As férias sugerem uma rede, uma casa de veraneio, uma poltrona aconchegante, um canto silencioso para degustar um livro qualquer. Tente fazer deste momento uma tentativa de não-cristalização. Ler algo que jamais esteve sob seu olhar. Relacionar-se com algo que jamais imaginou ter coragem.

Não será um processo fácil, afinal, muitos terão que ir a uma biblioteca, ou a uma banca, ou ainda a uma livraria, despir de seus velhos pudores, olhar confiante ao vendedor ou ao atendente e soltar sonoras palavras para lhe pedir o referido título, ou a ajuda solicitar que localize o livro. Muitos sequer saberão onde encontrá-los. Muitos sequer saberão como manuseá-lo. O que restará desta prática? A idéia de que há ainda muitas coisas esperando por nós, mesmo que já estejamos acreditando no contrário. Um ano novo precisa de coisas novas, não coisas velhas de roupagens novas. Coisas realmente novas não são de nosso domínio, são, às vezes de nossas repulsas. Áries, touro, gêmeos, câncer leão, virgem, libra, escorpião sagitário, capricórnio, aquário e peixes todos possuem ótimas previsões, mas previsões não são fatos, são projetos e como tais, precisam de executores, e nesse caso, o executor é você mesmo. Feliz ano de 2005 de livros novos.