A contribuição de 11% sobre as aposentadorias e pensões dos servidores públicos começará a ser cobrada a partir de quinta-feira. A contribuição de inativos foi aprovada no ano passado na reforma da Previdência.

Os aposentados da União vão contribuir com 11% sobre o valor que exceder a R$ 1.400. Já os dos estados, a contribuição será cobrado de benefícios que ultrapassem R$ 1.200. No caso dos pensionistas, o limite de isenção é R$ 2.400.